Com maior oferta e demanda enfraquecida, preços de farelo de soja caem

23-04-2021 12:23:04 Por:

Com maior oferta e demanda enfraquecida, preços de farelo de soja caem
A queda externa, a demanda doméstica enfraquecida e a maior oferta no mercado brasileiro pressionaram as cotações de farelo de soja na primeira quinzena de abril.

Alguns compradores estão cautelosos nas aquisições deste derivado, na expectativa de adquirir lotes a preços menores, fundamentados na maior demanda por óleo de soja, que tende a elevar o processamento do grão no Brasil e gerar, consequentemente, maior excedente de farelo de soja – vale lembrar que, para cada tonelada de soja esmagada, cerca de 78% produz farelo e 18% óleo de soja.

Além disso, muitos consumidores haviam realizado contratos a termo de farelo de soja e, agora, estão recebendo esses lotes, sem necessidade em comercializar novos volumes.


Na média das regiões acompanhadas pelo Cepea, os preços de farelo de soja caíram significativos 5,1% entre as médias de março e a da parcial de abril (até o dia 15). Vale ressaltar que a desvalorização do farelo acaba sendo limitada pelo elevado preço da matéria-prima e por estimativas indicando quebra de safra na Argentina, maior exportadora mundial de farelo. Neste caso, a demanda externa deste subproduto pode ser deslocada ao Brasil e aos Estados Unidos.

As informações são do Boletim do Leite Cepea, por Débora Kelen Pereira da Silva.