Oferta se sobressai à demanda e preços do farelo de soja caem

18-06-2021 14:48:42 Por: Débora Kelen Pereira da Silva em Boletim do Leite Cepea

Oferta se sobressai à demanda e preços do farelo de soja caem
Nas principais regiões brasileiras acompanhadas pelo Cepea, os preços de farelo de soja caíram, passando a operar nos menores patamares desde setembro/20, em termos nominais. A pressão veio do encerramento da colheita na Argentina (principal exportadora global de derivados de soja), da desvalorização do dólar frente ao Real (que torna as commodities brasileiras menos atrativas aos importadores) e da expressiva queda nos valores da oleaginosa na CME Group (Bolsa de Chicago). Além disso, os preços do farelo também foram influenciados pelo enfraquecimento nas cotações da matéria-prima.

A demanda por farelo de soja esteve mais aquecida nos primeiros 15 dias de junho, mas a oferta ainda se sobressaiu à demanda doméstica. Com isso, consumidores relataram certa facilidade nas aquisições de farelo de soja, mas não mostraram interesse em fazer estoques longos, na expectativa de preços ainda menores nos próximos meses. Essas expectativas estão fundamentadas nas condições climáticas favoráveis às lavouras de soja nos Estados Unidos.

Diante disso, na média das regiões acompanhadas pelo Cepea, os preços de farelo de soja caíram 4,6% de maio para a primeira quinzena de junho. Os valores atuais, contudo, ainda estão 37% superiores dos verificados há um ano.

As informações são da Débora Kelen Pereira da Silva em Boletim do Leite Cepea.