Preço do leite spot tem alta de 24% em junho no MS

13-07-2021 11:38:05 Por: Semagro MS

Preço do leite spot tem alta de 24% em junho no MS
O preço do litro do Leite Spot (leite cru) apresentou uma variação de +24,29% em junho, conforme revela o Índice do Leite de MS, publicação elaborado pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) em parceria com a Sefaz (Secretaria de Fazenda). A alta pode ter reflexo em todos os demais produtos da cesta de lácteos, analisa o secretário da Semagro, Jaime Verruck.

Isso porque, o Leite Spot é comercializado entre as indústrias para a produção dos demais derivados e sempre que há queda na demanda, os preços desse produto sobem, forçando a alta também nos preços do Leite UHT (longa vida), Leite Pasteurizado, iogurtes e queijos em geral.


A variação pra cima no preço do Leite Spot já vem desde maio (+18,99%) e é um movimento esperado para a época do ano, tanto que em junho do ano passado o índice ficou em +21,28%. O problema é que nesse ano os preços não caíram na margem esperada durante o período de safra e na chegada da entressafra, com a redução da produção, a tendência de alta se concretiza, elevando o produto a patamares de preços superiores aos praticados até então.

O índice de preços para a cesta de produtos lácteos como um todo teve uma variação de +12,17% no mês de junho, comparado a maio, e de +8,64% em comparação a junho do ano passado. O aumento maior se dá, entretanto, quando é observado o comportamento dos preços da cesta nos últimos 12 meses. A variação foi de +95,02%, segundo dados do Índice do Leite de MS.

O secretário executivo da Câmara Setorial do Leite da Semagro, Orlando Serrou Camy, apresenta alguns fatores que influenciaram na alta do preço do leite.


“Desde ano passado o mercado vive momento atípico com consumo elevado devido à pandemia, já que as pessoas ficam mais em casa e tendem a consumir mais. No início do ano, mesmo com aumento produção, os preço se mantiveram, não havendo a redução natural para o período. Aí com o início do período da entressafra, que geralmente vai de maio a setembro, devido à estiagem, os custos de produção aumentam porque o produtor precisa suplementar a alimentação dos animais, e os preço dos grãos em geral também estão elevados”. Com isso, ele prevê que os preços do leite e derivados devam se manter elevados até o fim do ano.

O Índice do Leite de MS tem por objetivo apresentar os últimos índices de preços de referência dos principais produtos lácteos comercializados no Mato Grosso do Sul (Leite Spot, Leite Pasteurizado, Leite UHT e Mussarela), a partir dos preços pagos às indústrias locais. A publicação é mensal, tendo sua primeira edição em maio passado, mas com dados desde 2019.

As informações são do Semagro MS.