Instituto Luiz Girão inicia Projeto Nordeste Leiteiro com imersão para produtores

29-07-2021 12:36:42 Por: Assessoria de Imprensa Betânia Lácteos

Instituto Luiz Girão inicia Projeto Nordeste Leiteiro com imersão para produtores
O Instituto Luiz Girão anuncia o início do Projeto Nordeste Leiteiro, entre 29 de julho e 01 de agosto, com uma imersão completa para produtores de leite do Ceará. O evento reforça a missão da organização de promover e desenvolver a pecuária de leite no semiárido nordestino de forma sustentável.

O programa de fomento foi estruturado com estratégia totalmente nova para dar um salto de produtividade, de competitividade e da sustentabilidade pecuária no Nordeste. São convidados 12 produtores cearenses das regiões do Centro Sul, Vale do Jaguaribe e Sertão Central, que serão instalados no ambiente agradável da Fazenda Flor da Serra, da família Girão, em Limoeiro do Norte, para uma experiência familiar e receptiva, seguindo todos os protocolos sanitários contra COVID-19.


Esse programa integrado atua com quatro projetos de diferentes frentes: Mestre Leiteiro, de assistência técnica especializada; o Mais Leite, Mais Renda, com facilitação de crédito e fornecimento de insumos com baixo custo para aumentar a produção e renda de pequenos produtores. Na área de sustentabilidade, a iniciativa Escola do Leite, que pretende formar a nova geração de produtores, fará a primeira ação na imersão com a Casa do Leite, promovendo uma verdadeira revolução na pecuária com a tecnologia de compost barn, modelo de produção que garante mais conforto aos animais e melhor desempenho na fazenda. Por fim, o projeto Município Amigo do Leite surge com o objetivo de engajar os municípios para maior apoio aos produtores, gerando ampliação e fortalecimento da cadeia do leite local.

“O programa Nordeste Leiteiro reflete na prática todo nosso empenho na valorização das famílias nordestinas através da produção do leite", comenta David Girão, presidente do Instituto Luiz Girão. “Muito além do nosso compromisso com o pequeno produtor como importante fornecedor, desejamos fomentar o desenvolvimento desse ofício tão nobre, levando conhecimentos para profissionalização para essa geração e as futuras”.

A programação para a Imersão inclui palestras, discussões técnicas, vivências, visitas a fazendas, produção de silagem e instituições de pesquisa em sistemas de produção de forragem em sequeiro, tudo pensado para tirar dúvidas e ampliar os conhecimentos dos produtores parceiros de Betânia, oferecendo informações valiosas que vão melhorar as práticas, produção e renda no Nordeste, com foco na sustentabilidade e qualidade.


Na continuidade do Projeto Nordeste Leiteiro, a meta é de chegar em até 50 produtores contemplados até o final deste ano, com implantação de novos projetos de forma gradativa, ouvindo as demandas dos produtores para atuar nas áreas de maior necessidade. A expectativa é de assegurar o crescimento sustentável e competitivo entre os produtores de Betânia, reduzindo os custos de estruturais em torno de 20%, valor que configura fortalecimento da família nordestina no semiárido, com renda estável o ano inteiro e expansão do negócio.

Sobre o Instituto Luiz Girão - O Instituto Luiz Girão é uma iniciativa da Betânia Lácteos que nasceu para dar vida ao propósito da empresa de promover e desenvolver a pecuária de leite no semiárido nordestino de forma sustentável, valorizando e proporcionando perspectivas melhores aos produtores de leite. Presidido por David Girão, o Instituto atua diretamente em ações como: a melhora da qualidade do leite, o incentivo ao uso de tecnologia no campo, o planejamento forrageiro e reserva alimentar, microcrédito, assistência técnica e de gestão da fazenda, garantia de compra de toda a produção e a escola do Leite para formação de mão de obra qualificada.  A escolha do nome do Instituto é uma homenagem a Luiz Girão, o fundador da história do lacticínio. A concepção do Instituto foi inspirada no sistema de ODS da ONU, uma agenda mundial adotada durante a Cúpula das Nações Unidas, sobre o Desenvolvimento Sustentável nas áreas de erradicação da pobreza, segurança alimentar, agricultura, saúde, educação, redução das desigualdades etc.


Sobre a Betânia Lácteos - Fundada em 1971 na cidade de Quixeramobim, Ceará, a Betânia Lácteos conta com seis fábricas localizadas no Ceará, Pernambuco, Bahia e Sergipe, além de doze centros de distribuição. Maior indústria de lácteos do Nordeste e líder em leite UHT na região, com 41% de share e líder em iogurtes, movimenta uma cadeia produtiva 100% de origem local. São mais de 3.500 famílias produtoras de leite, em cerca de 194 cidades do sertão nordestino. Atualmente, a Betânia Lácteos possui mais de 2 mil colaboradores e está presente em 57 mil pontos de venda. Possui uma linha de produtos com mais de 120 itens, como leites pasteurizados, leites longa vida, bebidas lácteas, iogurtes, queijos, requeijões, leite em pó, creme de leite e leite condensado. A companhia é totalmente comprometida com o propósito de valorizar a família nordestina, alimentando o corpo e inspirando o coração.