Carambeí assume vice-liderança na produção nacional de leite

07-10-2021 13:16:44 Por: Correio dos Campos

Carambeí assume vice-liderança na produção nacional de leite
Depois de passar a cidade de Patos de Minas, em Minas Gerais em produção de leite “in natura”, o município de Carambeí assumiu a vice-liderança no país, com a dobradinha com a cidade vizinha de Castro. Carambeí com projeção de perto de 25 mil habitantes superou a cidade mineira que já possui mais de 150 mil moradores. Castro e Carambeí lideram a produção de leite no Brasil. Castro segue na liderança do ranking, com o título de ‘Capital Nacional do Leite’, porém, Carambeí cresceu mais que Patos de Minas (MG), e agora passou a ocupar a segunda colocação nacional.

Segundo a prefeita de Carambeí Elisângela Pedroso, “é orgulho para nós esse título que é reconhecimento do potencial produtivo e eleva Carambeí numa posição privilegiada sendo a segunda maior cadeia produtiva do leite do país. É mérito de todos os pequenos, médios e grandes produtores que se dedicam a produção de um produto que gera emprego, renda e riqueza ao município. Carambeí é referência no agronegócio e berço do cooperativismo, sede de uma das maiores cooperativas do Brasil, que é a Frísia, exemplo de colaboração mútua para o mundo. Enquanto poder público, nós, numa parceria com a Cooperativa Frísia, temos dado todo o apoio a esses produtores como a manutenção preventiva dos mais de 300 quilômetros de estradas rurais constantes no município que garante de forma rápida e ágil aos produtores a segurança na hora do escoamento de suas produções. É uma parceria indispensável, sobretudo, para um município onde boa parte de suas riquezas estão concentradas no campo por meio da agricultura e pecuária”, disse ela.


Segundo dados divulgados pelo IBGE, a produção de leite de vaca cresceu em 2020 no Brasil, chegando a 35,4 bilhões de litros, um aumento de 1,5% em relação ao ano anterior. O valor de produção atingiu R$ 56,2 bilhões.

Encabeçando o ranking das cidades que mais produziram leite no país tanto a produção de Castro quanto a de Carambeí cresceram muito acima da média nacional. Castro, por exemplo, contabilizou 363.915 milhões de litros, um valor 30% superior aos 280 milhões retirados no ano passado, o que também mostra um aumento de 83,9 milhões de litros na produção total do líquido, na comparação com o ano anterior. Esse montante retirado rendeu um valor de produção na casa dos R$ 651,4 milhões.


Em Carambeí, a alta na produção foi de 24,9%. Se em 2019 foram retirados 180 milhões de litros de leite dos animais, em 2020 esse valor saltou para 224.778 milhões de litros, o que representa um acréscimo de 44,7 milhões de litros em um ano. Em valores de produção, foram R$ 402,4 milhões obtidos.

Cabe destacar que a vantagem de Castro para Carambeí (primeiro para o segundo) foi de 139 milhões de litros. Somando a produção de Castro e Carambeí são 588.693 milhões de litros, o que representa 1,66% de toda a produção nacional.

As informações são do Correio dos Campos.