Canto de Minas investe R$ 40 milhões em sua nova fábrica de laticínios

08-10-2021 10:45:44 Por: Ares Comunicações, publicadas no MilkPoint

Canto de Minas investe R$ 40 milhões em sua nova fábrica de laticínios
Empresa traz tecnologia de ponta para triplicar a capacidade produtiva, gerar mais riqueza para a região e aumentar a distribuição no País.

A Canto de Minas, empresa de laticínios que há 27 anos iniciou suas atividades em Ituiutaba-MG, escolhe novamente a cidade para mais uma novidade: uma nova fábrica para produzir toda a sua linha de requeijões e cream cheese.

As máquinas já estarão em pleno vapor em meados de outubro. A capacidade de geração de empregos na medida em que a fábrica for se consolidando é de mais 120 novos postos de trabalho, além dos 450 já existentes. Para Geovanny Araújo, Diretor de Operação e Novos Negócios da Canto de Minas, o novo
empreendimento de 5.000 m2 é mais um ponto positivo no desenvolvimento da região.

“O investimento total na nova fábrica é de R$40 milhões de reais. Teremos a capacidade de triplicar a produção da nossa linha de requeijões e cream cheese. À medida que crescermos, novas posições serão criadas, gerando mais empregos na cidade, contratações de parceiros e fornecedores. É vantajoso também para a pecuária da região, já que faremos uma maior captação de leite junto aos produtores. Assim, ajudamos a fortalecer a economia local e regional”, explica o Diretor.


“Com tecnologias francesa e alemã, será uma das indústrias mais modernas de requeijão do país em termos de automação, com máquinas e processamentos de última geração”, disse.  Além disso, a empresa está investindo adicionalmente R$ 5 milhões na expansão das suas linhas de fermentados e queijos na Unidade de Produção 1 para sustentar a demanda dessas categorias, que também não param de crescer.

A nova fábrica está localizada no Distrito Industrial da cidade, junto ao atual Centro de Distribuição, que conta com área refrigerada e também possui 5.000 m2. A área total do empreendimento é de 110.000 m2. Os novos colaboradores serão treinados em espaço exclusivo, além de uma área confortável para convivência, com espaço para descanso e leitura.

Inovação com responsabilidade sustentável - A Canto de Minas não deixou de lado o investimento em medidas voltadas para a preservação do meio ambiente. Pelo contrário, desde o início do projeto da nova fábrica, especialistas estiveram o tempo todo analisando e direcionando os trabalhos no sentido de ter um empreendimento respeitoso à natureza. 

“Por meio do nosso Projeto “Canto Sustentável”, a nova fábrica contará com uma estação de tratamento de efluentes com processos inovadores e sustentáveis. Somos a primeira indústria do país a adotar esta solução similar a uma compostagem, na qual se utiliza material biodegradável como serragem e, em complemento ao tratamento, minhocas para a decomposição da matéria orgânica”, explica Geovanny.

A empresa prevê a reutilização da água tratada nas áreas verdes da empresa, lavagem de caminhões, entre outras aplicações, reduzindo o consumo de água potável. “A cada 24 meses de operação, serão geradas entre 30 e 40 toneladas de adubo de alta qualidade, estabilizado e rico em nutrientes”, disse. 

Responsabilidade social com a população - A nova fábrica da Canto de Minas continuará fazendo o que já faz há anos: retribuir à comunidade tijucana as oportunidades que a terra mineira proporcionou à marca. Ela faz isso apoiando importantes ações de desenvolvimento social: patrocínios direcionados à prática de esportes, iniciativas culturais voltadas à música, como, por exemplo, no Conservatório da cidade; ações educacionais junto às escolas públicas e apoio à inovação em parceria com iniciativas da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo. Além disso, está prestes a lançar um Projeto de incentivo à logística reversa de recicláveis em parceria com seus clientes, além de ações educacionais sobre esta prática junto à população.

Além disso, a empresa implementou o “Programa Jovem Aprendiz”, por meio do qual os filhos de colaboradores são os maiores beneficiados, pois são inseridos no mercado de trabalho e ali encontram os caminhos que querem seguir profissionalmente. 

As informações são da Ares Comunicações, publicadas no MilkPoint.