Relação de troca melhora, mas as margens no leite continuam apertadas

19-10-2021 10:43:10 Por: CILeite

Relação de troca melhora, mas as margens no leite continuam apertadas
O preço do leite ao produtor registrou a sexta alta consecutiva no ano, influenciado pela baixa disponibilidade do produto. Na média nacional, a cotação foi de R$2,39 por litro em setembro.

O aumento no preço do leite ajudou a melhorar a relação de troca leite/mistura, mas segue pior que no mesmo período do ano passado. Em setembro foram necessários 44,9 litros de leite para aquisição de 60 kg de mistura, 17% superior a setembro de 2020.

No varejo, o preço da cesta de lácteos teve nova alta mensal de 1,58%. Destaques para a elevação dos queijos, Iogurtes e leite UHT. Em 12 meses, a inflação no grupo de leite e derivados foi de 9,01%.


Balança comercial e preços internacionais em outubro de 2021- As importações brasileiras de leite totalizaram 80,15 milhões de litros em setembro, um aumento de 7% sobre agosto. Em relação a setembro do ano passado houve forte queda. As exportações tiveram queda de 50% em setembro na comparação com agosto, com um volume de 7 milhões de litros.

O saldo da balança comercial, no acumulado até setembro, registrou déficit de US$273 milhões e um volume de 648 milhões de litros. Os preços internacionais ficaram relativamente estáveis no último leilão GDT, de 05 de outubro. O leite em pó integral fechou em US$3.749/ton e o desnatado em US$3.315/ton.