EPAMIG divulga datas do Minas Láctea 2022

17-11-2021 13:00:01 Por: Epamig. Foto: Erasmo Pereira

EPAMIG divulga datas do Minas Láctea 2022
A Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) definiu as datas do Minas Láctea 2022. O evento, promovido pelo Instituto de Laticínios Cândido Tostes (EPAMIG/ ILCT), será realizado entre os dias 12 e 14 de julho, em Juiz de Fora.  A programação contará com atividades presenciais e virtuais.

“Com a flexibilização possibilitada pelo avanço da vacinação e pela redução das taxas de contaminação da Covid-19, retomaremos, no próximo ano, a presença do publico nas atividades no Instituto Cândido Tostes e no Expominas de Juiz de Fora. Ao mesmo tempo, iremos fazer um evento expandido que buscará atender a participantes de diferentes localidades por meio de uma programação digital diversificada”, garante o chefe-geral da EPAMIG ILCT, Sebastião Tavares.

Os cinco eventos que tradicionalmente compõem o Minas Láctea estão confirmados na próxima edição. No Instituto de Laticínios Cândido Tostes, serão realizados o 35º Congresso Nacional de Laticínios, que terá como tema “Sustentabilidade na Cadeia de Lácteos: Avanços tendências e desafios”; a 41ª Semana do Laticinista, que contará com uma programação de cursos, ainda a ser divulgada; e os julgamentos do 45º Concurso Nacional de Produtos Lácteos, com novidades no sistema de avaliação (ficha online) e nas categorias, a de Destaque Especial, por exemplo, passará a ser denominada “Prêmio Inovação”.

As exposições de Máquinas, Equipamentos, Embalagens e Insumos para a Indústria Laticinista (Expomaq) e de Produtos Lácteos (Expolac) acontecerão no Expominas – JF. Em breve, a Comissão Organizadora anunciará as datas e contatos para a negociação de estandes e atendimento aos expositores.

O Minas Láctea 2022 também dará destaque à inovação e à busca por soluções tecnológicas, inclusive com a proposta de uma premiação especial, que será detalhada em momento oportuno.

Retomada - O Minas Láctea 2021 contou com atividades totalmente online, devido à pandemia. Para a retomada em 2022, a expectativa é de que o evento volte a reunir visitantes de várias partes do Brasil, além de representantes de países da América do Sul, América do Norte e Europa e movimente o comércio e as redes de restaurante e de hotelaria de Juiz de Fora.

As informações são do EPAMIG.