Prêmio de exportação de farelo de soja é o menor em cinco meses

22-11-2021 09:38:40 Por: Débora Kelen Pereira da Silva, Boletim do leite Cepea

Prêmio de exportação de farelo de soja é o menor em cinco meses
No Brasil, os prêmios de exportação do farelo de soja registraram quedas significativas na primeira quinzena de novembro, chegando aos menores patamares em cinco meses. A pressão está atrelada às baixas demandas externa e doméstica, à maior oferta da matéria-prima e às expectativas de produção de soja recorde na safra 2021/22.

Além disso, a firme demanda por óleo de soja segue desafiando as indústrias na comercialização de farelo, uma vez que, para cada tonelada de grão processado, cerca de 78% produzem farelo e apenas 18%, óleo.

Diante disso, com base no porto de Paranaguá (PR), o prêmio de exportação do farelo de soja com embarque em dez/21 passou de US$ 12,00/tonelada no dia 3 de novembro para US$ 6,00/tonelada no dia 12.

De médio a longo prazos, observa-se contínua queda nos preços FOB do farelo de soja. Enquanto as negociações para embarque em dezembro/21 registraram média de US$ 386/t na primeira quinzena de novembro, as para abril/22 e maio/22 tiveram média de US$ 360/t, queda de 6,5%. Resta saber qual deverá ser a taxa de câmbio no período.

No spot nacional, o preço médio das regiões pesquisadas pelo Cepea registrou queda de 3,9% entre outubro e a primeira quinzena de novembro. No comparativo anual, as cotações estão expressivos 21,1% menores.