Demanda enfraquecida segue pressionando cotações dos lácteos

22-11-2021 10:08:04 Por: André Carvalho e Beatriz Pina, Boletim do Leite Cepea

Demanda enfraquecida segue pressionando cotações dos lácteos
A demanda por lácteos no atacado de São Paulo segue enfraquecida, o que mantém os preços dos derivados em queda. Pesquisas realizadas pelo Cepea, com o apoio financeiro da OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras), apontam que, de setembro para outubro, os preços médios do leite longa vida (UHT), do queijo muçarela e do leite em pó (400g) caíram, respectivamente, 6,8%, 4,9% e 1,97%, passando para R$ 3,38/litro, R$ 26,60/kg e R$ 23,90/kg, na mesma ordem. Em um ano, as quedas nos valores foram de 4,1%, 11,5% e 11,2% (dados deflacionados pelo IPCA de outubro de 2021).

Agentes consultados pelo Cepea relataram dificuldades em manter o ritmo das comercializações. A perda no poder de compra do brasileiro e o consequente menor consumo de produtos lácteos têm resultado em aumento dos estoques nos laticínios e em maior pressão dos canais de distribuição por preços mais atrativos. Para assegurar a liquidez de vendas, a estratégia das empresas tem sido reduzir os valores negociados pelos derivados, aproveitando também o momento de desvalorização da matéria-prima (leite cru).

Em outubro, chamou a atenção o mercado da manteiga. A pesquisa quinzenal do Cepea mostra que houve alta de 4,2% de setembro para outubro no preço da manteiga (200g) no Paraná. Agentes consultados pelo Cepea justificaram que os longos períodos de estiagem, associados aos elevados preços dos insumos, impactaram diretamente na nutrição dos animais e, consequentemente, na redução de matéria-gorda. Contudo, para os outros estados que compõem a “Média Brasil”, as cotações da manteiga recuaram 2,3% de setembro para outubro, pois, apesar da menor oferta da matéria-gorda, a demanda enfraquecida impossibilitou o repasse da alta ao consumidor.

Novembro – Pesquisas em andamento têm apontado novas quedas nos preços dos produtos lácteos em novembro, em razão da maior disputa entre as empresas por clientes. Na primeira quinzena de novembro (de 1º a 12), as cotações do leite longa vida, queijo muçarela e leite em pó (400gr) comercializados nos atacados do estado de São Paulo registraram médias de R$ 3,12/litro, R$ 25,85/kg e R$ 23,45/kg, recuos de 7,8%, 2,8% e 1,9% frente às de outubro/21, respectivamente.